arquivo

O GALO BOTOU FOGO NO GATO

GILGÁMESH: POÉTICA E GÊNERO

FLANANDO COM BENJAMIN NO BECO DE CORALINA

GÊNERO, AINDA.

HOMENS?, MULHERES?

APONTAMENTOS SOBRE O ARTIGO EXERCÍCIO LÓGICO PARA O REAL DE WELSON BRABATO

REFLEXÕES SOBRE A SUPERVISÃO

SINTOMA E CORPO

"DEIXAI TODA ESPERANÇA, Ó VÓS QUE ENTRAIS" 

NARCISISMO E SEUS ECOS

MOMENTO BASTANTE DIFÍCIL PARA NÓS

ANGELUS NOVUS - 2017

CARTEL E PRODUTO - 2018

"OU DOIDO SOU EU QUE ESCUTO VOZES"

A INDIGNAÇÃO COMO VOZ DO SUJEITO DESEJANTE

O IDEOGRAMA E A MONTAGEM/COLISÃO - O FORÇAMENTO E O DECANTADO CANTO

O IDEOGRAMA E A MONTAGEM/COLISÃO - O FORÇAMENTO DO INDISCERNÍVEL AO INDECIDÍVEL

A VOZ ENTRE O ÓDIO E A POÉTICA DA INDIGNAÇÃO

REFLEXÕES SOBRE FINAIS DE ANÁLISE

PARACONSISTÊNCIA E PARACOMPLETUDE NAS FÓRMULAS DA SEXUAÇÃO

ANAGRAMA E IDEOGRAMA NA ASSOCIAÇÃO E INTERPRETAÇÃO PSICANALÍTICAS

O MAL-ESTAR FORA DOS MUROS: A "HUMANIDADE EM TRÂNSITO" SOB A LÓGICA CAPITALISTA DA "ACUMULAÇÃO POR DESPOSSESSÃO"

MARCA DE PSICANALISTA OU A VERDADEIRA MAIONESE

O AUTOR COMO AQUILO QUE SE PODE CINGIR, MAS NÃO ENCONTRAR

PÓS-DOUTORADO: O IMPERATIVO DE GOZO E A PROPAGANDA NO LAÇO SOCIAL DA SOCIEDADE DE CONSUMO